A era da Tecnologia da Informação

Sem Comentários

Para muitos, um amontoado de bytes sem sentido. Para uma empresa, um patrimônio de valor inestimável. O mundo dos negócios gira em torno da informação e a cada dia nascem novas necessidades para que os dados sejam gerenciados de forma facilitada e segura.

Um terreno primoroso que propiciou a ascensão da Tecnologia da Informação (TI), que mesmo diante das grandes expectativas de sucesso e estabilidade financeira, já sofre com o déficit de profissionais qualificados. Continuar lendo

Qual o melhor caminho para mudar de carreira?

1 Comentário

Planejar a carreira não é tarefa das mais fáceis, até porque o planejamento inicial precisa sofrer adaptações ao longo de sua realização. Mesmo com a convicção de que fez as melhores opções para alcançar estabilidade e sucesso, o profissional pode se deparar com um mercado um pouco diferente do idealizado. É neste momento que aparece a dúvida: será que realmente fiz a escolha certa?

Quem está descontente com os rumos que a carreira está tomando geralmente pensa em mudanças bruscas, como investir em uma nova profissão. Antes de desistir de tudo para enfrentar uma empreitada tão audaciosa, é preciso agir rápido mas analisando a situação com cautela. Continuar lendo

Por que ser engenheiro no Brasil?

5 Comentários

Interligados, vários fatores contribuem para que a carreira de engenheiro esteja entre as mais promissoras no Brasil neste início de século XXI, e sem sinais de entrar em decadência. A demanda por profissionais qualificados nessa área cresce na mesma proporção que a nossa economia em plena ascensão.

Mas mesmo com esses e até outros incentivos, como bons salários e baixa taxa de desemprego, o país vive uma preocupante escassez de engenheiros em todos os setores responsáveis por engrenar nosso crescimento. Continuar lendo

O que um profissional deve fazer para encontrar o seu perfil?

3 Comentários

O trabalho de recrutamento e seleção tem se transformado em uma difícil tarefa pela falta de profissionais especializados. A formação não constitui necessariamente competência para assumir um cargo e esse problema poderia ser sanado se o indivíduo fizesse um plano de carreira coeso às suas habilidades pessoais. Continuar lendo