Elas realmente tomaram cor e forma no mundo corporativo. As redes sociais fazem parte do cotidiano de pequenas, médias e grandes empresas como ferramentas de relacionamento com colaboradores, além de agregar valor às estratégias de marketing.

Entre os profissionais, ter perfis ativos em redes sociais tem se tornado uma prática cada vez mais adotada para networking e troca de conhecimentos. Às vezes, no entanto, elas acabam tomando tanto tempo do colaborador que coloca em risco sua produtividade no trabalho.

Para a maioria, são só alguns minutinhos gastos para marcar presença no Twitter ou Facebook. A conta pode ser paga no fim do dia, quando o colaborador percebe que aqueles minutinhos atrasaram toda uma demanda de tarefas.

As redes sociais são importantes sim, mas estar on-line o tempo todo não é sinônimo de qualidade e interatividade, pois essa imprudência pode custar caro, como já relevamos em outra postagem do Diário A3 (confira aqui).

Por isso, preparamos algumas dicas para que você mantenha-se ativo nas redes sociais sem prejudicar sua função. Elas também valem para aqueles que trabalham diretamente com os perfis das empresas, como é o caso de analistas de redes sociais, comumente chamados de social media.

❋ A regra mais importante: conheça a fundo a política sobre o uso das redes sociais da sua empresa. Mesmo que seja liberado, nada de cometer excessos.

❋ Estabeleça horários para acessar suas redes pessoais. Um bom momento para se atualizar é no intervalo do almoço ou antes de iniciar as tarefas no trabalho.

❋ De repente, chega à caixa de entrada do seu e-mail uma notificação de comentário numa postagem feita no Facebook. A curiosidade não vai deixar que você espere o fim do expediente para conferir a novidade e, com isso, as chances de perder o foco são imensas. Por isso, cancele imediatamente e-mails de notificação de todas os seus perfis.

❋ Você não precisa estar o tempo todo em todas as redes sociais. Mantenha o foco apenas nas que são interessantes para o seu perfil profissional ou pessoal.

❋ Se você escolheu tratar de sua vida profissional nas redes sociais, postar mensagens de cunho pessoal pode destoar dessa linha. O ideal seria estabelecer uma rede para tratar de assuntos da vida pessoal e outra para a profissional. Seus seguidores também querem encontrar assuntos interessantes no seu perfil.

❋ Não seja também rotulado de chato por postar mensagens a todo o momento. Geralmente, isso pode causar o famoso “unfollow”, que não é nada agradável.

❋ Ter muitos seguidores não é sinônimo de qualidade. Conserve contato com quem realmente pode acrescentar algo importante aos seus objetivos de carreira e de vida. Assim, também é mais fácil acompanhar o que os outros estão dizendo.

❋ Procure por um programa de computador que centralize redes sociais para facilitar o gerenciamento das suas contas. É o caso do Tweetdeck, um dos mais populares entre os internautas e que pode ser baixado até mesmo para smartphones.

❋ Para ser ativo nas redes sociais, você não precisa responder imediatamente a um questionamento ou comentário.

❋ E finalmente, não deixe de realizar atividades importantes para a sua carreira e bem-estar para se manter conectado às redes sociais. Lembre-se que existe uma vida real além do mundo virtual.

O espaço agora é seu: deixe seu comentário!